29 de ago de 2010

Mestrado na Laval

Oi meu povo, “ó eu aqui traveis”...

Amanhã eu começo mais uma etapa da minha vida. Será o primeiro dia do meu mestrado. Pois é, fui aceita para fazer um curso de mestrado em relações públicas na Université Laval.

Fiz um pedido de admissão tardia há duas semanas, e recebi a notícia que havia sido aceita na última quarta-feira. Os pedidos de admissão são feitos normalmente até fevereito de cada ano. O curso que vou fazer tem início apenas no outono, então se não entrasse agora, ficaria para o próximo ano.

O bicho vai pegar... e muito, pois eu terei que superar meu francês caquético para me dar bem neste curso. Em sintese, eu terei que estudar, e muito, provavelmente o dobro ou triplo que estudaria se fizesse um curso em português. Mas vamo que vamo, né? Daqui pra frente, como diz uma amiga brasileira que também estuda na Laval, adeus vida social.

É galera, as coisas funcionam assim mesmo. Nada vem sem um tiquinho de sacrifício. E se viesse, talvez não teria tanta graça, não é? Ser aceita foi apenas o primeiro passo. Agora o negócio é superar os próximos dois anos.

Como eu sei que existem outros colegas de caminhada que também têm interesse em estudar, deixo abaixo a lista de documentos que precisei entregar para fazer o pedido de admissão.

Bjokas

- Formulaire de demande d'admission (que está no site da universidade)
- Payer 42$ (frais d'admission)
- Photocopie l'acte de naissance
- Relevé de notes études secondaires
- Relevé de notes de études supérieures
- Attestation officielle des diplômes obtenus
- Photocopie carte résidente permanent (recto et verso)
- Photocopie du CSQ
- Lettre de motivation
- CV

Enviar todos os documentos e cheque de 42$ para:
Bureau du registrataire
Pavillon Jean-Charles-Bonenfant
2345, allée des Bibliothèques
Bureau 2440
Québec QC G1V0A6
Canada


13 de ago de 2010

Tempo de mudanças

Olá meu povo...

As mudanças por aqui não param nunca, podem acreditar. O verão, na teoria, ainda não foi embora, mas na prática ele já dá sinais de que está partindo. O sol já não está tão quente quanto antes, as árvores já estão mudando de coloração e algumas folhas já estão caindo. Ui, nem sei o que pensar, mas parece que o frio vai chegar em breve.

Outra mudança acontece no quesito educação. Hoje eu terminei o curso de verão que fazia no Phenix e na semana que vem começo a francisação do governo na Universidade Laval. O curso vai de 18 de agosto até quase o final de outubro. Como já entrei no nível 3 (o último disponibilizado pelo governo), ainda não decidi o que farei depois. Existe a possibilidade de fazer o curso de redação do MICC na própria Laval, mas nem todo mundo é aceito, não é em tempo integral e sim apenas 3 horas por dia, e não há auxílio financeiro. Minhas outras alternativas são: voltar ao Phenix, pois é uma boa escola; partir para o curso de francês para estrangeiros da Laval (mas ele custa caro, e só dá pra fazer se eu conseguir bolsa de estudos); ser aceita no mestrado e me virar de ponta cabeça para dar conta de estudar comunicação com o francês ainda capenga que eu tenho.

Além de tudo isso, ainda tenho que levar em consideração a hipótese de trabalhar meio período ou nos finais de semana, pois não dá pra ficar muito tempo só gastando dinheiro nesta terra sem ter uma fonte de renda, mesmo que não seja fazendo o trabalho ideal ou ganhando o salário ideal. O negócio é não ficar parada, pois do céu realmente não cai nada.

O marido também volta das férias da francisação na semana que vem. Ele fará o nível 3 no CEGEP, mas solicitou a sua transferência para a Laval também. Para isso é necessário ter vaga, então ele só terá uma resposta provavelmente na semana que vem.

Ele também está aguardando o MICC entregar a equivalência de estudos, cujo prazo de espera aumentou de 6 para 8 meses. Isso é um problema, pra não dizer outra coisa, pois ele depende desse atestado para dar entrada nos cursos que ele fatalmente precisará fazer na Laval antes de ser aceito pela ordem dos contadores.

Então nossas vidas, pelo menos pelos próximos meses, serão praticamente voltadas para os estudos ainda. Este danado do francês vai ter que entrar de vez na nossa cabeça, não importa como... rs

Mas tudo que está nos acontecendo faz parte do pacote imigração, e nós sabiamos disso antes de vir pra cá. Por isso deixo uma dica os futuros imigrantes: programem-se bem antes de imigrar, pois tempo e dinheiro aqui voammmmmmmmm.

Bjokas
2 de ago de 2010

Apto para alugar em Québec

Oi meu povo

Se alguém por aí está procurando apartamento para alugar na cidade de Québec, segue abaixo uma dica muito boa. Nossos amigos do blog Família Sbalqueiro estão passando o bail deles. O apartamento é um 4 1/2 super grande e confortável, novinho e fica em Sainte-Foy na região do Campanille.

Segue abaixo o anúncio do apartamento bem como os telefones dos atuais locatários. Se preferirem, podem deixar um comentário no meu blog com o seu e-mail que eu respondo mandando o e-mail deles, ok?

Bjokas

Grand appartement 4 ½ pour 01/octobre, près de la rue du Campanile à Sainte-Foy! Dans un Condo, à 5 minutes de l'arrêt du bus 7, 11 et 13! Rez-de-chaussé, avec deux grandes chambres, grande salle de bain, cuisine e grand salon, beton (très insonorisé), locker, très propre e neuf, un quartier très calme, vert, piscine extérieure, estacionament interieure et extérieure, avec balcon, à proximité de tous les services (pharmacie et épicerie à côté) grande opportunité! $ 970,00 cession de bail, disponible 01/10! 418-653-2123, 418-265-4767, 418-265-4757. Mariane ou Richard.