27 de mar de 2009

Processo federal

É galera, após eu quase ter morrido antes da entrevista, como relatou o meu digníssimo marido (de forma um tanto exagerada, é claro), agora é hora de esperar pelo andamento do processo federal.
Enviamos nossa documentação para o Consulado Geral do Canadá ontem (26/3) e agora aguardamos o início do processo.
Vou deixar aqui a lista de documentos necessários para essa etapa, pode ajudar alguém.
Como eu morei nos EUA também tive que providenciar os antecedentes criminais de lá.
Agora é esperar...

Documentos brasileiros:
- Certidão de antecedentes criminais da Polícia Federal
http://www.dpf.gov.br/
- Certidão de antecedentes criminais do estado onde reside
http://www2.ssp.sp.gov.br/atestado/Atestado02.cfm
- Certidão de Distribuição Ações e Execuções Cíveis, Criminais e Fiscais
http://www.jfsp.gov.br/certidao_online.htm

Obs.: mandamos as emitidas on-line.

- Cópia do passaporte
- Cópia da certidão de nascimento ou casamento
- 6 fotos 3,5 por 4,5 mm (não é fácil de achar um lugar que faça nessa medida, mas no shopping Paulista tem uma lojinha, no subsolo, que faz e custa R$15 cada 4 fotos)
- CSQ (guia da imigração)
- Comprovante de pagamento da taxa de abertura do processo - R$ 2.020,00 - paga no HSBC

Certidões estrangeiras:
- Para quem morou nos Estados Unidos é necessário providenciar uma certidão emitida pelo FBI (http://www.fbi.gov/hq/cjisd/fprequest.htm). Essa certidão é super fácil de conseguir. Você imprime o formulário (standard fingerprint form), preenche e leva até a Polícia Federal para colocar as impressões digitais (não precisa marcar hora, é só explicar a situação). Completa a cover letter e preenche o formulário do cartão de crédito que será usado para pagar a certidão. Paguei U$ 18,00.
Os formulários devem ser enviados para:
FBI CJIS Division – Record Request
1000 Custer Hollow Road
Clarksburg, West Virginia 26306 USA

- Certidão de antecedentes criminais do estado onde você morou. Essa é um tantinho complicada. Eu morei em Massachusetts e não consegui efetuar o pagamento da taxa pelo Brasil. Uma prima que mora lá fez por mim, mas tive que autenticar uma procuração no consulado americano e enviar para que ela pudesse me representar lá. Eles pedem que o pagamento seja feito por um “money order”. Como o Estado não fornece o número da conta para fazer a tranferência, só quem está nos Estados Unidos consegue fazer. Então recorri a uma prima que mora lá e me salvou... rs
http://www.town.northborough.ma.us/police/forms/cori_request_personal.pdf

Obs.: eu solicitei os dois documentos no ano passado, logo após enviar os documentos para o escritório de imigração e dar início ao processo. Esperei em torno de 2 meses (ou menos, não me lembro) para recebê-los.

É isso galera, até...

1 comentários:

andrea disse...

vamos torcer para ser rápido como foi com a galera de dezembro!!

abçs e à bientôt

dea e juba

Postar um comentário